Lista de sugestões de filmes interessantes. Cada postagem traz foto, breve sinopse, censura, diretor, distribuidora, elenco, responsáveis pelo roteiro, musica e fotografia. Com o eterno deslumbramento de fã apaixonada, By Star Filmes acredita que o cinema emociona, ensina e é a melhor diversão.

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

O Segredo de Vera Drake

Vera Drake * *
(2004) 125 min (14 anos)

Diretor: Mike Leigh
Roteiro: Mike Leigh
Música: Andrew Dickson
Fotografia: Dick Pope
Elenco: Imelda Staunton, Richard Graham, Eddie Marsan, Jim Broadbent

1950 - Londres - Vera é uma mulher simples, de classe média baixa, totalmente devotada à família. Trabalha como faxineira nas casas ricas e cuida da mãe doente, e de quem mais precisar dela, sempre com um sorriso e palavras de encorajamento. Nesta época, aborto era crime na Inglaterra. Em seu desejo de ajudar as mulheres desesperadas que a procuram, Vera realiza, gratuitamente, a "interrupção da gravidez". Quando as autoridades descobrem, seu mundo vem abaixo. A personagem é simpática, mas o ato que pratica, ainda que bem intencionado, é hediondo.

O desespero e vergonha das mulheres era compreensível, sobretudo numa comunidade tão rígida. Hoje em dia há uma visão bem mais tolerante. Contudo, para as crianças não-nascidas, o ambiente tornou-se mais hostil. Numa sociedade conduzida pelas emoções, uma cadela grávida, que perde os filhotes, ou uma cobaia de laboratório, despertam mais piedade do que um feto humano, a quem é negado o direito à vida. Mas as mesmas pessoas que condenam à morte o embrião humano, ficam horrorizadas com a mãe que joga seu recém-nascido no rio.

Dito isto, lembro da personagem Angélica, Marquesa dos Anjos, que foi estuprada por um soldado e deu à luz um bebê ruivo a quem chamou, apropriadamente, de Honorina, pois não havia nela desonra alguma. O mais bonito na história é quando o marido de Angélica reaparece. Ao ver, junto a seus filhos, a linda criança de cabelos vermelhos encaracolados, faz questão de tratá-la como sua, e lhe dá seu nome. Isso é saber amar! Adoro esta história de Anne e Serge Golon!

Deixar os bebês para adoção é a saída mais humana para as mães que não podem ou desejam mantê-los. Há tantas famílias que sonham com uma criancinha...

O desempenho de Imelda Staunton é estupendo. E como contrasta com os sorrisinhos forçados da professora Dolores Umbridge de Harry Potter e a Ordem da Fênix!
Curiosidades:
* Filmado sem roteiro, o filme foi indicado para o "Oscar de Melhor Script" em 2005. Mike Leigh teve que criar o roteiro para poder ser enviado aos membros da Academia.

* O orçamento deste filme era tão apertado que foi preciso cortar 1 semana de filmagens.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

banner